27 janeiro, 2008

As rotinas do Pedro

O Pedro sempre foi um bebé dorminhoco. Lembro-me, como se fosse hoje, da minha preocupação na maternidade em o acordar de 4 em 4 horas para mamar, porque ele não chorava para comer. O que queria mesmo era dormi.

Eu andava sempre preocupada com o peso dele, porque desde os sete meses de gravidez que ele não saía do percentil 25... Até fiquei de baixa por causa disso. O que ele queria era dormir.

O percentil do Pedro ainda hoje é o 25. Está a chegar ao 50 em altura, mas o peso continua no 25. E continua mesmo é a querer dormir.

Isto para dizer que, felizmente, nunca tive dificuldades em o adormecer. Desde cedo as noites foram relativamente fáceis. No entanto, nós sempre tivemos o cuidado de "educar" os ritmos dele. Nos primeiros meses fazia os sonos que queria, mas assim que começou a passar mais horas acordado começámos a "educar" essas rotinas. O Pedro dormia de manhã, almoçava, dormia de tarde, lanchava e já não dormia até à noite. Aí tomava banhinho, jantava, a seguir brincava um pouco com os pais e depois ia para a cama. A meio da noite comia se acordasse, o que muitas vezes acontecia. Esta rotina começou a tomar forma por volta dos 3 meses do Pedro e mantem-se até hoje. Tirando dormir de manhã, porque desde que dormir de tarde começou a ser complicado, acabou o soninho da manhã.

Hoje o Pedro dorme cerca de 10 horas por noite. Acorda entre as sete e as oito da manhã. Chama por mim... Acho fantástico porque não chora, chama: "Ma!!!... ma!!!..." Se eu me atraso chama "Pá!!!... pá!!!" Tratamos dele, damos-lhe o pequeno almoço e levamo-lo à avó por volta das nove horas. Passa a manhã na brincadeira com o compincha dele (o avô) e come uma frutinha a meio da manhã. Almoça perto do meio-dia e meio. Por volta da 1 hora vou ter com ele, e como está a morrer de sono, adormeço-o. Normalmente ao colo, mais para conforto meu que dele, porque se eu o colocar na cama ele acaba por dormir. Mas eu adoro tê-lo ao colo... Coisas de mãe que está a ver o seu bebé a crescer tão depressa. Acorda por volta das 4 da tarde. A avó dá-lhe o lanche e nós vamos buscá-lo passado isso. Em casa, toma banho por volta das 7 e meia, janta de seguida, juntamente com os pais (como mandam os pediatras... Mas dá uma trabalheira dos diabos!!!), a seguir usa as instalações sanitárias (Hehehe! Parece um relógio!) com o reductor instalado, lava os dentes e a carinha e se ainda não forem 9 horas, brinca um bocadinho, calmamente, e às 9, novamente ao colinho da mãe adormece. Até às sete horas da manhã seguinte.

Como é que estes ritmos foram definidos?? Não sei bem, foi assim calmamente até entrar nos eixos. Temos noites que correm de forma diferente. Ao fim de semana, se saimos de manhã, ele dorme com o embalo do carro... Aí desconto o tempo dormido de manhã na sesta da tarde, e adormece esse tempo mais tarde... Mas voltamos sempre ao mesmo ritmo. A nós sabemos bem dormir a noite toda e ele parece ser um bebé calmo, mas nem sei se é por isso... Mas como eu iniciei este post: É uma criança que adora dormir.

Bom, não sei se alguém conseguiu ler isto tudo, mas aqui fica o registo do quotidiano da minha cria.

9 comentários:

Sofia disse...

Eu li até ao fim :)

mas que calma por aí!!!

ainda bem...

beijinhos grandesssss

Mamã dos Diabinhos disse...

Eu tb li até ao fim.
Aqui é um pouco mais stressado, basta ter o irmão mais velho para ficarem os dois euforicos e parecer "casa de tolos".
Mas as rotinas são mais ou menos as mesmas. Tentamos quando temos de quebra-las, por algum motivo, voltar a elas o mais rapidamente possivel. E vi na altura do Natal e Ano Novo ele andava rabugento porque os horarios dos sonos foram alterados.
Beijocas
Identifiquei muito as nossas rotinas neste post.

Sandra e Afonso disse...

Olá!
Eu também li e gostei muito de o fazer!
As rotinas do Afonso são muito semelhantes às do teu Pedro. Diferenças só mesmo na hora do banho e do jantar. Fazemos isso mais tarde, pois o hora de eu sair do escritório é às 19H00, e banho estou a dar-lhe dia sim dia não (isto durante a semana). Acaba por jantar mais tarde e acaba por ir dormir por volta das 21H30 e as 22H00. Acorda para o último biberão quando tem fome, pode ser às 00H00 ou à 01H00, mas é beber o leite e ficar a dormir no instante seguinte, e depois dorme até eu o acordar às 08H00.
Pelo que sei é muito importante eles terem essas rotinas e esses horários.
Beijinhos Grandes,

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

Bala disse...

Consegui ler até ao fim!!! :o)

Também faço parte das mães sortudas, que nunca tiveram problemas com os sonos dos filhos.

Hoje em dia, com as doenças as noites nem sempre são pacíficas. Mas até aos 9 meses de idade, não soube o que era uma noite má!

Bjinhos

Maria João disse...

PRÉMIO DE CONSOLAÇÃO:

oh oh oh estou ruidinha... o que é que se passa cá em casa, que os relógios andam sempre com velocidades diferentes? Eu sei qual é o problema. Chama-se R.O. T. I. N. A., ou melhor, a falta dela!
R de risos e brincadeiras antes de ir para a cama;
O de olhos bem abertos, apesar de os estar a esfregar continuamente.
T de traquinices que surgem tarde e a más horas;
I de ideias novas para fazer á hora da suposta sesta.
N de não quero, não faço, não me apetece!
A de amor incondicional e flexibilidade exagerada.

Pois bem, parece que fui obrigada a fazer um exame de auto-consciência. Obrigada pela oportunidade.

May disse...

O Tiago passou agora a fazer 2 sestas em vez das habituais 3 e também tem os horários muito certinhos, dorme cerca de 12 horas de noite e 3 horas durante o dia.

Se temos que ir a alguma lado ou recebemos visitas fica muito excitado e aí é mais complicado...

Beijinhos

Maria João disse...

Bem bem, acho que tive pesadelos com o eu aqui escrevi. Ontem estava verdadeiramente inspirada. Deixa-me copiar este comentário para o meu blogue para me obrigar a lê-lo todos os dias e começar a mudar os maus hábitos. Mais vale tarde do que nunca!

Sandra & Dinis disse...

Quem me dera...que sorte que tens!!!
Rotina, é coisa que aqui em casa por mais que eu faça todos os horarios da mesma forma todos os dias, este miúdo não dorme assim como o Pedro.
Se dorme de manhã, só dorme um pouquinho depois do lanche, se não dorme de manhã, adormece a muito custo depois do almoço, maximo dos máximos 1.30h.
E à noite come por volta das 8h e tentamos que ele por volta das 21.30h adormeça, às vezes são precisas 2h para ele adormecer, outras são 10 mim.
Muitos parabéns por teres essas rotinas muito bem controladinhas. O dias a dia assim torna-se menos cançativo...acredita.

Bjos
Sandra

Ana Luísa disse...

:)
Também sempre tentei ter e 'impôr' algumas rotinas, as mesmas coisas para que não se perdesse o hábito...
Numas conseguiu-se, noutras não porque a personalidade forte do F. ou a minha 'falha' como mãe assim o permitiu... No sono não consegui fazer com que dormisse sozinho na sua cama, aos poucos vamos tentando...
De resto, está tudo organizado e corre bem: alimentação, banhos, saídas, etc... Também tento que o Francisco saia, conviva com outras pessoas e que não estivesse sozinho numa ama para não ficar 'vulnerável' e um pouco anti-social como eu fiquei...
Beijocas.