14 março, 2008

Um dia mau

Okay, isto hoje foi para esquecer. Deitei-me tardíssimo por causa do trabalho que tive de fazer em casa. Eram umas duas horas da manhã. Às 3 o Pedro acordou a gritar. Pensei que fosse sonho, e voltou a dormir. Às sete voltou a acordar e fui buscá-lo para a nossa cama. Ainda dormiu uns 10 minutos e depois quis brincadeira... Com a brincadeira bateu com a cabeça na madeira da cama. Fez imenso barulho e ele ficou a esfregar a cabeça, mas não chorou.

Deixei-o em casa dos meus pais antes de ir trabalhar e regressei à hora de almoço. Estranhei que não estivesse à varanda a dizer-me adeus como é costume e percebi que já estava a dormir porque tinha a janela do quarto fechada. Pensei que estava mais dorminhoco que o costume.

Quando cheguei os meus pais contaram-me que ele estava com uma birra enorme. Que passou a maior parte da manhã a chorar e só parou quando o pai chegou e o adormeceu. Era meio-dia. Estranhei, estranhei tanto... O meu menino não é nada assim. Pensei logo que tivesse alguma coisa a ver com a cabeçada de manhã e fiquei ainda mais preocupada. Passado 10 minutos acordou, e continuava com uma birra enorme. Tentei adormecê-lo sem sucesso, dar-lhe almoço também sem sucesso. Acabei por ir trabalhar com ele a chorar e a mim a doer-me o coração, porque não consegui perceber que se era razão para eu ficar ou não, e eu estava soterrada em trabalho. Telefonei ao pai que não trabalhou hoje da parte da tarde que veio a correr. Passou com ele o resto da tarde e ele acabou por ficar mais animadito, mas não dormiu mais nada.

Eu sai novamente tarde do trabalho, mas desta vez com o dever cumprido e por isso mais aliviada da cabeça. Chegados a casa ele mostrava-se cheio de sono. Demos-lhe banho e a seguir jantar. Não quis comer a carninha com a massa, mas comeu a sopa quase toda. Acabei por ficar desconfiada que se calhar são finalmente os dentitos, mas como os dentes têm tido as costas tão largas não sei o que pensar. Adormeceu era 20h45, medi-lhe a febre e tinha 37,3º. Estou aqui, mas estou preocupada. Nunca vi o meu filho tão rabujento e sensível. A ver vamos como corre a noite.

9 comentários:

Rita disse...

Opá tadito. Espero que melhore. Por aqui os dentes também têm tido as costas largas...
Um grande beijinho para aí daqui

Terra Mãe disse...

As melhoras. Cá em casa temos um caso semelhante. O que é que nos espera?

mãe disse...

Espero que o dia de hoje seja melhor...
Um beijinho

mamã do bébinho disse...

Espero que tenha melhorado!!

beijinhos grandes

Manhã de Inverno disse...

Espero que ele melhor Carla, que não seja nada de mais e que ainda pensem em ir no domingo.

Um beijinho

Smartphone disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Smartphone, I hope you enjoy. The address is http://smartphone-brasil.blogspot.com. A hug.

Mamã dos Diabinhos disse...

Que essa rabujice não volte.
beijos

Bala disse...

Pode ter sido só um dia menos bom.
Coitadinhos, eles também têm direito....

Bjinhos

Sandra e Afonso disse...

Possas!
Espero que não tenha sido nada!
Beijo, beijo, beijo

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com