19 junho, 2009

O que eu gostava de ter descanso mental...

Fui à médica ontem. Acho que foi uma consulta toda sobre parvovirus (que nome...). Esqueceu-se de me pesar (felizmente!), esqueceu-se de me medir a tensão (o que pode ter sido intencional tendo visto o stress com que entrei na maldita consulta). E lá falámos sem terminar de parvovirus e seus efeitos nos fetos, e sobre a pouca possibilidade de estar infectada, e sobre a ainda menor possibilidade de estando passar aquela barreira fantástica que é a placenta e sobre a possibilidade de recuperação do feto se mesmo assim o virus lá chegar. As perspectivas podem ser reduzidas, mas mesmo assim são más, são muito más.

Eu estou mentalizada das minhas hipóteses, sei as linhas com que me coso, não me serve de nada culpar a sorte ou azar da vida, há que aceitar a realidade como ela é. Não sou pessoa de fé, e acho que culpar o que quer que seja, também não resolve nada. Assim, hoje de manhã já fui fazer a análise ao parvovirus e durante a próxima semana saberei o que esperar do meu futuro próximo. Para quem possa passar por aqui com interesse neste virus idiota, tive mesmo de ir fazer a análise ao Instituto Ricardo Jorge, porque é uma análise tão pouco frequente que me pareceu que aquilo quase que cheirava a Medicina Tropical. Sim, porque quem é vacinado contra o Parvovirus são os cães. (Isto só visto, que se não se trata-se da vida e saúde de um filho quase que dava para rir.) Assim, ou por frieza ou por inconsciência, já estou mentalizada para a realidade, e tenho é efectivamente alguns indicadores que me dizem que a coisa pode não ser tão má, como à partida me pareceu. Mas se for, fazer o quê? Encarar a realidade e seguir em frente.

8 comentários:

Sandra e Afonso disse...

Olá Carla!
Vai estar tudo bem, não stresses!
Um beijo e tudo a corer bem!
Beijo, beijo, beijo

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

Rita disse...

Oi linda... epá que raio!! Realmente não há maneira de teres descanso bolas!!! Sabes que já não é a primeira vez que ouço falar neste virús, embora nunca tenha aprofundado o assunto com os meus amigos em que uma das gemeas deles o apanhou. Se quiseres, ou precisares posso tentar falar com a mamã, pois o papá foi o tal amigo que nos deixou... de qualquer forma aqui fica o link do blog, onde ele, de forma sempre cómica expôs o assunto:
http://croniquinhas.blogspot.com/2008/12/quem-sai-aos-seus.html

Beijinhos
Vamos continuar a torcer e tudo vai correr bem

Lisa_pt + Gil disse...

Vais ver que foi só mais um susto, não para pôr à prova a tua fé (confesso que tb não a tenho) mas a tua resistência e vai correr td bem!

Beijokas gds

Bala disse...

Carla, força!
Muita força!....e coragem.

Tenho a certeza que tudo isto vai passar, e quando chegares ao fim do tempo, estarás animada e estes episódios negros, vão ser uma mera lembrança.

Bjinhos grandes

Ana disse...

Força!!

Vai correr tudo bem!

Bjs grandes

Isabel disse...

Já estava na altura de teres algum descanso. Vai tudo correr bem!

Um beijinho grande!

PM disse...

Pensamento positivo minha querida!!!
Eu acredito que não vai passar do susto!!!
Vamos ser companheiras e mamãs no final do ano!!!
BEIJOCA e força!!!

Sofia disse...

Vai ser só um susto.
E sinceramente, espero que termine depressa, pois acho que mereces mesmo viver esta gravidez (pelo menos daqui para a frente) de forma tranquila.

Bjs e se houver algo que possa fazer por ti, por favor, dispõe.

Força e pensamento positivo

Beijinhos grandes