11 janeiro, 2010

Manos

O André hoje esteve particularmente difícil. Chorou o dia todo. Já de noite ele gritava em plenos pulmões, quando o Pedro decidiu ir ter com ele. Fui atrás que isto com um miúdo de 3 anos nunca se sabe. Subiu para cima da cama para o lado do irmão: Então Andé? Disse ele com aquele tom de voz que reservamos para os momentos mais doces. Depois deu-lhe um beijo e a seguir, para minha enorme surpresa, começou a cantar: Brilha, brilha lá no céu, a estrelinha que nasceu. Logo outra surge ao lado, e o céu fica todo iluminado. Brilha, brilha lá no céu, a estrelinha que nasceu.
Fiquei de lágrima no canto do olho. Como é que um menino de uma turbulência interminável é capaz de momentos de ternura tão grandes?

Precisava de escrever isto, para me lembrar quando o Alzheihmer começar a fazer estragos.

10 comentários:

Catia, a mãe do Puts... disse...

Também sinto o mesmo... Como é que os nossos puts conseguem ser verdadeiros kiduxos com os manos..
Beijoquinhas

Isabel disse...

Tão querido!
Eles têm alturas em que derretem o nosso coração cá com uma pinta!
Um beijinho grande!

Nany disse...

Parabéns pelos 2 mesinhos do André.
Acho que os meninos são mesmo assim, turbulentos, mas quando dados à calma de uma doçura inacreditável.
Bjks grandes

Bala disse...

Estou de lágrima no olho.
...Já sabes como são as hormonas!

É inato neles, o carinho, a compreensão. Acho que eles são bem mais tolerantes e compreensivos que nós, apesar de às vezes nos parecer o contrário.

Bjinhos

Isabel disse...

Que querido...até eu fiquei de lágrima no olho...estes miúdos só nos surpreendem...
Beijocas grandes para vocês
http://olha_por_mim.blogs.sapo.pt

Rita disse...

Maravilhoso!!
Há que escrever realmente... estas coisas é que não se podem perder mesmo :))
Beijão

Rita disse...

Maravilhoso!!
Há que escrever realmente... estas coisas é que não se podem perder mesmo :))
Beijão

Aline disse...

Vês? Nunca menosprezar a sensibilidade e criatividade dos mais pequenos!
Beijinhos

joana disse...

sei bem do que falas! São mesmo momentos comoventes!

Parabéns pelo 2ºmês do André e pela mamoca em exclusivo! Ao 2º é tudo mais fácil, não é?

bj

1gota disse...

Que ternura... :)

:*