04 agosto, 2010

Eles

Sinto que este blog está a morrer aos poucos, pois o tempo é cada vez menos. Mas antes da machadada final aqui venho eu outra vez dizer que os meus filhos são os mais fantásticos do planeta (pois, ok, que raio de mãe era eu se não achasse que eles são mesmo fantásticos?)

O André está quase a fazer 9 meses e descobriu que estar em pé é fantástico. Na cama já vem sendo um hábito, agora hoje deixei-o no chão da sala e fui dar com ele em pé agarrado ao sofá. A rir-se para mim feito tolinho, como quem diz, olha para mim aqui? Pois e eu olhei e comecei a fazer contas, que o Pedro não fez isto antes dos 11 meses que eu me lembre. Este miúdo é terrível, e já não o posso trazer sentado no carro, porque contorce-se todo de modo a ficar em pé virado para trás, e acaba por se soltar do cinto que o prende. Sossego, agora, só quando está a dormir.

O Pedro está um delírio (tanto nas coisas boas como nas más). De manhã vai ter comigo à cama e pergunto-lhe sempre o mesmo: Pedro, que horas são? E ele olha para o relógio e diz-me os números que vê. Hoje, qual não é o meu real espanto, quando ele me responde: Seven, five, nine. Até acordei mais depressa.

Gosta de "ler" na casa de banho. Hoje li-lhe Alberto Caeiro. Ouviu muito atentamente... Quando lhe perguntei se tinha gostado. Respondeu-me que não, que era um menino malandro. É o meu menino malandro.

Quanto às perguntas sobre o molusco. Sim, terá sido numa piscina que o apanhou, mas de acordo com os médicos aquilo é viral e como tal não o deve voltar a apanhar. Aparentemente ganhou imunidade. Sessões de "arranca" foram umas 3. Tratamento diversos foram uns 4 ou 5. Acabo a concordar com a médica que disse que a remoção mecânica (arrancar ou raspar) é a melhor solução. Aqui em casa acabámos por arrancar a maior parte, com uma pinça, seguindo as indicações que a dermatologista deu. Os últimos morreram de morte natural, devido ao rapaz tanto os coçar. Espero que não voltem, que a coisa é bem desagradável.

5 comentários:

Nany disse...

Os blogs estão lentamente a morre, muitos por causa do fazcebook, mas eu ainda não me deixei convencer e acho que não vou ser vencida. Prefiro o blog, o escrever e escrever, mesmo que depois não publique.
Eles crescem à velocidade da luz e são uns malandrecos. Se achas que o Pedro está esperto, espera para veres o André na idade dele, com os conhecimentos que o irmão lhe irá passar vai ser lindo :)
Bjs e que esse molusco vá embora de vez

Isabel disse...

Eu também ando mais atarefada, também actualizo menos...

Eles crescem de forma alucinante!

Ainda bem que o molusco se foi de vez!

Beijocas!

)0( disse...

Passei para deixar um beijinho.
:)

Ana e os Principes disse...

Concordo com a Nany,penso que a blogsfera està a morrer lentamente,por culpa do facebook.Também prefiro o blog,mas cada vez mais os cantinhos que visito estão parados.
Quanto ao molusco,a minha Patricia também já teve 2 vezes,foi ao dermatolista e foram raspados(com anestesia,claro).Segundo o médico,apanhou na piscina,na natação e pode voltar a ter mais vezes,cada cabeça ...cada sentença.
Na altura pensei em tirar-la,mas não o fiz,apesar do médico me aconselhar a faze-lo.
Fez uma pausa dum ano(não por causa do molusco,mas porque detesta natação),este ano voltou pois está com um desvio na coluna e tem mesmo que fazer natação,felizmente não apanhou nada.
O segundo filho,pela minha experiencia,desenvolve-se mais rápidamente e são bem mais energéticos.
Espero que o molusco não volte a aperecer,nem deixes morrer o blog,pois apesar de comentar pouco,gosto de te "ler".
Jocas

Bala disse...

O teu Pedro é um miúdo fantástico. Estou sempre a repetir, mas é a mais pura verdade. É inteligente!

Quanto ao blog, memso que venhas cá pouco, não o deixes morrer. Gosto de saber notícias vossas!

Bjinhos