24 março, 2011

Apesar do cansaço...

... há coisas dos meus filhos que eu não quero, nem posso esquecer:

O André, aos 16 meses, pode não ter mais dentes do que há meia dúzia de meses atrás, mas está a caminho de os perder a todos: aprendeu a subir a tudo, cadeiras, bancos sem qualquer tipo de apoio e até mesas pequenas. Sobe, põe-se em pé e salta.

O Pedro, aos 4 anos, parece estar a caminho de deixar de roer as unhas. Não sei se o facto de eu lhe ter dito que o deixo jogar um jogo de bowling na Wii, quando o pai lhe cortar as unhas das mãos está a ter algum efeito, mas lá que já começam a aparecer unhas já.

2 comentários:

Mnc disse...

Crescem tão depressa!
O meu também andava com a mania de roer as unhas! c'a nervos... além de poderem arranjar infecções e assim, ficam com os dedinhos numa miséria!
Felizmene, parece que também já perdeu essa mania.
Beijocas (respondi-te ao email)

Bala disse...

AAAAhhhh, brilhante!
Como é que eles aprendem tão depressa a fazer tolices?!?!?
Já lhe compraste um pára-quedas?

Bjinhos