23 novembro, 2008

Depressão de Domingo à noite

Vinha aqui queixar-me que o meu filho tem um terçolho. Anda com o olhito vermelhusco, mas não lhe parece doer.

Mas antes, por acaso, passei por um blog amigo... Um desses que está listado aqui do lado direito, e fiquei triste, mais triste que o Domingo à noite... Fiquei a pensar... E ainda estou!!!

8 comentários:

Mia disse...

As melhoras do olhito do Pedro.
Quanto ao outro assunto, um filho é uma prova de fogo numa relação. Só acreditei depois do Tomé nascer. Espero que tudo se resolva tranquilamente pois quem sofre mais são os filhos.

beijocas grandes

Barriguita disse...

por vezes o que nos parece o "fim do mundo" é tão pouco comparando com outras coisas... espero que o Pedro melhore do olho e que o outro/a menino/a, o do tal casal de que falas, não sofra com os desentendimentos dos pais.

beijocas e boa semana!

Bala disse...

Xxxiii, as melhoras para o olhito do Pedrinho!

E sim, às vezes apercebo-me da influência que uma criança pode ter num casamento.
Percebi isso, quando entrámos na fase das birras.....Há dias em que acabo por discutir com o P., por causa das birras dele.
Mas é a vida, e um amor forte e seguro, consegue superar essas coisas!

Bjinhos

joana disse...

Eu fiquei com um nó na garganta... fiquei sem palavras e de facto, ao contrário do que seria de esperar, um filho é uma prova de fogo para um casamento.

Bjs

Sofia, Pedro e Joana disse...

Olá mamã, as melhoras do Pedro, eu e os Domingos também não combinamos...
Pois é,para nós um filho une ainda mais um casal...
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

Sandra e Afonso disse...

Espero que o Pedro fique bom do olhinho!
Quanto ao outro assunto, na minha opinião os filhos vêm para completar um casamento... consolidá-lo...
Beijo, beijo, beijo

sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

kris&biduzito disse...

agora estou em: casabiduzito.blogspot.com
beijinhos

as melhoras para o pedro :((

Sofia Quintela disse...

Pois é, mas não devemos relativizar os nossos problemas "só" porque o vizinho do lado está pior. Cada um de nós sente os seus problemas e as suas dificuldades indepenpendentemente de serem maiores ou menores que outros. De qualquer forma deveriamo sim dar mais valor aos momentos bons e agradecer sempre por iso. Termos saúde e estarmos com os que amamos é uma grande benção.

Beijinhos grandes, Carla