21 abril, 2010

Medos...

O Pedro esteve para ser internado na passada segunda-feira. Deu entrada no hospital com o nível de oxigénio no sangue na ordem dos 80%. Todo ele era covinhas no pescoço e na barriga junto às costelas. Não conseguia falar tal era o cansaço... Passou toda a tarde no hospital, fez três aerossóis e voltou para casa com ordem de se apresentar novamente no hospital às 10 da noite. Se não apresentasse melhoras significativas ficaria internado. Nessa noite o André esteve irrequieto, dormiu mal, sempre a choramingar. Abracei-o carregada de medos, e tão consciente que não os consigo verdadeiramente proteger. O Pedro voltou para casa fortemente medicado. Suspeita-se que tenha sido uma reacção alérgica, não se sabe a quê, uma vez que ele não apresenta sinais de qualquer infecção.

E desde que sou mãe sinto que mudei. Imagino que tenha mudado ao longo de todos os anos anteriores, mas nunca o senti. Agora sinto, e parece que mudo a cada minuto. Nada do que era antes, parece ser agora. A maior das mudanças são os medos que sinto e que nunca antes senti. Medos por mim, medos por eles.

14 comentários:

joana disse...

Como te compreendo! Desde que fui mãe, uma parte de mim ficou tão frágil!

Isabel disse...

Os medos depois deles nascerem elevam-se exponencialmente! E eu já tinha tantos antes deles nascerem... agora então!
Espero que o Pedro recupere depressa! Imagino o teu susto!
Um beijinho grande!

Bala disse...

Bolas, que grande susto!
Toma lá um abracinho. :)

Bjinhos

Algures no Oeste disse...

Imagino o susto sim!
Ainda bem que o Pedro não teve que ficar internado...
Um beijinho de calma e de melhoras.

Nany disse...

Que grande susto!
Eu desde que o Pedrocas nasceu nunca me deito sem o ir ver à cama n vezes, e se me levantar de noite lá vou eu ver se ele está a dormir bem.
As melhoras rapidinhas.
Bjks

Andreia, mamã do André disse...

As melhoras rápidas do Pedro, sei bem o que é isso...o André não se livrou do internamento, faz agora 1 ano...tinha a saturação de oxigénio a 78% e não o deixaram vir para casa...foram 5 longos dias a dormir no cadeirão :(

Vais ver que agora com a medicação ele vai melhorar rápido...

Beijinhos.

teresa disse...

As melhoras rápidas do Pedro.
Quando a Matilde esteve internada eu nem consigo explicar o que senti.
Como te consigo compreender.

Beijos.
Teresa e Matilde

Barriguita disse...

que susto! espero que tenha passado e que tudo corra bem.

beijinhos

Sofia disse...

Imagino o susto!!!
Ainda bem que não ficou lá... nada como os mimos dos pais para ajudar a recuperar!

As melhoras rápidas!

Beijinhos

Ana e os Principes disse...

Imagino o susto!!
Espero o pequeno principe,já esteja completamente recuperado.
Beijocas cheias de boas energias

Joana e Rodrigo disse...

Nem consigo imaginar o susto que foi! Realmente é preciso ser mãe para perceber esse sentimento!

Beijo

1gota disse...

Oh caramba. As melhoras do Pedro.

Ser mãe é estar sempre de coração nas mãos...

um beijinho grande
:*

Sofia disse...

apanhamos cada susto, nao e? Ainda bem que foi so isso mesmo, e que ele ja esta melhor.
Vivemos com o coracao na boca, porque por mais que os protejamos nao conseguimos nunca evitar todos os males...
bjs e coragem- por aqui tambem andamos cheias de sono e cansadas.

© ●•ƬéƬé £ XαVιєя•● disse...

Medos e angústias inevitáveis! É que ver os filhos sofrer, sem nada poder fazer, é algo que nos mata, aos poucos… mas irá ser sempre assim. Menos mal que esta impotência é facilmente compensada por um simples sorriso deles, que vale milhões!

As melhoras rápidas para o Pedro.

Beijocas
Tété & Xavier