18 abril, 2010

Ando sem tempo e cheia de sono. Quem me explica como se tem dois filhos, se trabalha a tempo inteiro e se trata da casa, e se consegue fazer tudo isso bem? Lá diz o ditado, quem muitos burros toca, algum deixa para trás... Pois, é o que está a acontecer por aqui.

Para além disso queria agradecer a apimenta por me ter explicado a razão de ser do coito, no jogo da apanhada. Obrigada.

8 comentários:

Bala disse...

Ai menina, não me assustes!
Acreditas que é a única coisa que me "aterroriza" desde o início da gravidez. Como é que vou dar conta de tudo quando começar a trabalhar?.....

Bom, tudo se há-de resolver, vais ver!

Bjinhos

Algures no Oeste disse...

Compreendo-te perfeitamente... Só tenho um filho e por vezes não sei como consigo "equilibrar" (quase) tudo...
Beijinhos!

Nany disse...

Quem disse que vida de mãe era fácil e só sorrisos, deve estar a pensar anquelas mães com empregada, cozinheira e ama.
Bjks

mãe disse...

Ora portanto... a casa fica definitivamente para trás, a bagunça reina !!!! Mais de resto, tirando a confusão, é uma questão de relativizar e pensar que um dia, quando os putos forem grandes e forem para a casa deles, hei-de fartar-me de ver a casa arrumada e limpa, por isso, quero lá saber, é de maneira que as visitas se mantém longe e os putos brincam à vontade. Se eu gostava de ver as coisas um bocadinho mais ordenadas ? Sim. Se me ralo muito com isso. Não.
:)

Sofia disse...

É por estas e por outras que continuo a achar que estamos longe de poder dizer que há igualdade entre homem e mulher. A verdade é que vamos deixando que nos sobrecarreguem sob pena de perder tudo aquilo que "alcançámos".
Eu acho que nos devíamos queixar mais, publicamente. Devia haver mais apoios às mães-trabalhadoras... (desculpa o desabafo aqui nos comentários).
Tenta simplificar e fazer em casa apenas o essencial... alguma coisa tem que ficar para trás mas não deves ser nem tu nem os teus filhos...

Beijinhos grandes de força

joana disse...

Amiga, o meu conselho é: arranja uma empregada! Nem que seja só um dia por semana! Vais ver que te vais sentir muito aliviada!

Beijocas e força aí!

teresa disse...

Há tanto tempo que não comentava, mas estou a par das noticias.
Eu só tenho uma e já é complicado em quero imaginar com 2.
Se tiveres hipótese uma empregada, uma vez por semana, pode ajudar a equilibrar,senão for possível a familia é sempre o mais importante.
Beijos com saudade.
Teresa e Matilde.

© ●•ƬéƬé £ XαVιєя•● disse...

Conheço mães que com 2 e 3 levam uma vida mais relaxada do que a minha, só com um!

A solução: delegar nos outros o que deveria ser a função dessas mães, já para não dizer que somente trabalham algumas horas diárias, ao contrário do comum mortal que está enfiado no trabalho, pelo menos 8 horas por dia…

O que fica para trás é a casa... ninguém aguenta com tudo!

Haja saúde ;o)

Beijocas
Tété & Xavier