01 setembro, 2010

Actualização

Por aqui tanto havia para dizer. Mais um dente do André, que apareceu há uns 15 dias. O incisivo central que faltava. O facto deste rapaz comer desalmadamente e pesar aos nove meses mais do que o irmão pesava com um ano, sendo que está no percentil 50. As aquisições deste rapaz são quotidianos e noto-as mais porque ainda estou de férias. Já bate palminhas, e grita de felicidade quando o deixamos livre para gatinhar pela casa toda. E ouve-se bem quando gatinha, porque bate com as mãos no chão com uma determinação que não deve deixar dormir o vizinho de baixo. Põe-se em pé em qualquer parede, sofá, móvel ou até no carro do irmão, que roda quando ele o julga seguro, e então cai...

Mas não é ele que me tira o sono.

O meu Pedro está fantástico de esperto, de respondão e de torto. E vai para a escolinha AMANHÃ. E eu não me mentalizo que ele está a crescer e a começar a fugir à minha asa. Está-me a custar tanto, mas tanto. Só espero que corra tudo bem, só espero que ele goste de estar com os outros meninos... Mas nunca ninguém me tinha dito que podíamos sofrer as dores de crescimento, quando esse crescimento é dos outros. E eu estou a ter as dores do crescimento dele.


Estes são os dotes de escrita. A primeira vez que o meu filho escreveu o nome dele. Há dois dias atrás.

P.S. O "R" tentou duas vezes, mas ficou esquisito.

3 comentários:

Sandra e Dinis disse...

Os teus filhos estão o máximo!

Tb eu estou a sofrer, para a semana vai para a escolinha e só quero que seja fácil a adaptação!

Não te esqueças de vir dizer como correu o dia do Pedrinho!

Bjs

Bala disse...

Uau!!!
Tanta novidade!

É impressionante como há fases em que a vida anda mais devagar, e há outras em que todos os dias temos novidades em casa.

Bjinhos

Ana disse...

Vai correr tudo bem no inicio desta nova fase do Pedro.

Bjs